Inovações na área de irrigação despertam interesse dos visitantes

Nesta quinta-feira, a Secretária do Meio-Ambiente, Patrícia Iglecias, receberá os jornalistas em uma coletiva de imprensa na feira

Os visitantes da Agrishow 2016 – 23ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, que acontece até sexta-feira (29), em Ribeirão Preto (SP), os encontram uma gama variada de soluções tecnológicas na área de equipamentos voltados para irrigação. E o segmento vem ganhando espaço cada vez mais importante na feira, despertando maior interesse dos visitantes.

“A participação do nosso segmento na Agrishow ganha importância significativa, pois permite fornecer aos potenciais clientes informações que contribuirão para sua decisão de compra e da adoção da tecnologia mais adequada às suas necessidades”, afirma Márcio Santos, presidente da Câmara Setorial de Equipamentos de Irrigação da Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos. “O fato de os estandes do segmento estarem agrupados permite ao interessado conhecer e comparar tecnologias de forma mais rápida e prática”, complementa.

Em função desses fatores, vários empresários do segmento salientam o bom potencial de expansão dessa área no Brasil. “Notamos um crescimento considerável no setor de irrigação. O Brasil está aprendendo a produzir com irrigação”, analisa Diomedes Tamani, diretor da Setorial Sistemas de Irrigação. Avaliação semelhante tem Bruno Perroni, gerente de Marketing da Lindsay. “A tendência da irrigação no Brasil é crescer, pois desempenha um papel social muito importante e representa estabilidade na produção, o que tem mudado muito a mentalidade do produtor”, completa Perroni, salientando que a Lindsay trouxe para a Agrishow o lançamento do conjunto de rodas chamado NFTrax, para utilização em pivô central.

Para o diretor da Setorial, a edição deste ano se caracteriza por um evento marcado por um público com foco bem direcionado. “O visitante do nosso segmento chega, pesquisa, analisa, escolhe e compra”, afirma. Tal comportamento tem refletido em melhora nas vendas. A Valley Irrigação, por exemplo, notou uma significativa melhora na edição deste ano. Tanto que no terceiro dia de feira a meta de vendas da empresa já estava fechada, com boas perspectivas de até ser ultrapassada até o fim da feira.

Além dos contatos de vendas, a Valley também recebeu um grupo de alunos da Universidade Federal de Minas Gerais e da Universidade Estadual de Maringá para falar sobre irrigação. “Além de fazer negócios, outro objetivo nosso ao participar da feira é a difusão de informação e conhecimento sobre irrigação, um tema complexo”, disse Dimas Rodrigues da Silva, coordenador de Marketing da Valley. Como ação complementar à demonstração da sua linha de produtos, a empresa está trabalhando também neste ano na Agrishow com o Consórcio Valley, uma alternativa para os produtores adquirirem pivôs.
No caso da NaanDanJain, cuja linha inclui tubogotejadores, microaspersores, aspersores, acessórios e projetos completos, os negócios estão acontecendo e a procura por projetos é alta também em função de desdobramentos da crise hídrica do ano passado, que reforçou a necessidade de se adotar novas tecnologias que possibilita usar menos água. “Tivemos um crescimento em 2015 e estamos vendo um possível crescimento para esse ano, o mercado está aquecido, justamente pela economia e pela crise hídrica”, conta Helena Hildebrand, coordenadora de Marketing da NaanDanJain. Ela enfatiza que a área de irrigação é um mercado cíclico, há uma variação do desempenho entre os anos, alternando bons resultados e outros nem tanto, mas na média, a perspectiva é de crescimento, pois o Brasil possui um grande potencial de irrigação.

A Agrishow 2016 é uma iniciativa das principais entidades do agronegócio no país: Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB – Sociedade Rural Brasileira, e é organizado pela Informa Exhibitions, integrante do Grupo Informa, um dos maiores promotores de feiras, conferências e treinamento do mundo com capital aberto.

Fonte: Assessoria Agrishow