EMPRESAS PATROCINADORAS E APOIADORAS DO GIFC APRESENTAM TECNOLOGIA PARA IRRIGAÇÃO NA AGRISHOW 2016

NaanDanJain, Irriga Brasil, Irragabras, Metos, Valley e Netafim mostram a força das empresas de tecnologia e soluções para irrigação, que vêm ganhando mais espaço a cada edição da Agrishow

 

Quem visitou a Agrishow 2016, realizada entre os dias 25 e 29 de abril, em Ribeirão Preto, percebeu o espaço de destaque ocupado pelas empresas de tecnologia e soluções para irrigação.  Entre os expositores, estavam empresas patrocinadoras e apoiadoras do Grupo de Irrigação e Fertirrigação em Cana-de-Açúcar – GIFC, mostrando ao público novidades e força do segmento.

Participaram da feira NaanDanJain, Irriga Brasil, Irragabras, Metos, Valley e Netafim. De acordo com Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, uma das entidades realizadoras da Agrishow, a irrigação tem conquistado cada vez mais espaço importante na feira.  A Agrishow tem uma área dedicada para as empresas do setor.

De acordo com Márcio Santos, presidente da Câmara Setorial de Equipamentos de Irrigação da Abimaq – Associação Brasileira , a participação do segmento na Agrishow ganha importância significativa.   “O fato dos estandes do segmento estarem agrupados permite ao interessado conhecer e comparar tecnologias de forma mais rápida e prática”, afirma Santos.

A NaanDanJain, empresa global especializada em soluções para a irrigação, expôs suas soluções e produtos que proporcionam ao produtor rural a possibilidade de fazer mais com menos, ganhar em produtividade e aumentar a disponibilidade de recursos com redução de custos. Dentre as opções de tecnologias de irrigação e linhas de produto, a empresa inclui tubogotejadores, microaspersores, aspersores, acessórios e projetos completos, com soluções personalizadas em sistemas de irrigação, informou Leandro Renato Lance, Gerente Desenvolvimento de Mercado e Inovação.
Leandro-NaanDanJain

A Irriga Brasil, empresa pioneira no desenvolvimento e fabricação de carretel enrolador no Brasil e América Latina, mostrou sua linha de equipamentos que atendem às necessidades hídricas dos diferentes cultivos e produtores. De acordo com Ângelo Tadeu Piassetta, diretor da empresa, apesar do foco da Agrishow não ser o setor sucroenergético, a procura por equipamentos para o setor foi boa. Usinas do Nordeste fecharam negócios com a Irriga Brasil durante a feira.
Angelo-Irriga-Brasil

 

Outro apoiador do GIFC presente na feira foi a Metos Brasil, braço brasileiro da Pessl Instruments, empresa austríaca que leva a tecnologia das estações meteorológicas para o setor agrícola de mais de 80 países. A Metos é parceira do GIFC na instalação de uma estação no Grupo Clealco, recém-implantada em uma das usinas da empresa. João Alberto Lelis Neto e Jonathan Van De Riet, gerentes da Metos, explicam que o mercado para a tecnologia está em expansão. “A agrometeorologia é fundamental para o planejamento e traz impactos positivos na redução de custos do manejo”, destaca Van de Riet.
Joa?o-Alberto-Lelis-Neto-e-Jonathan-Van-de-Riet-da-Metos-Brasil

Novidades

A Irrigabras apresentou na Agrishow 2016 o novo carretel irrigador autopropelido, utilizado para aplicação vinhaça e para irrigação com água nos canaviais. O equipamento está com design renovado. As proteções de plástico ABS foram trocadas por chapas de alumínio, que são mais duráveis e resistentes. Renato S. Barroso Jr, diretor comercial da Irrigabras, entende que em tempos de economia estagnada é fundamental participar da feira, expor sua marca e estar próximo dos clientes. Em relação ao mercado sucroenergético, Renato vê com otimismo a retomada do setor. “Apesar da melhora dos preços para segmento, ainda temos o endividamento de muitas usinas. Entendo que 2016 ainda será um ano de acomodar as coisas para que em 2017 possa acontecer um novo ciclo de investimento”, avalia Renato S. Barroso Jr.

irrigabras

Uma das novidades da Netafim na Agrishow foi o lançamento do sistema de automação NMCAir, software de monitoramento da fertirrigação, que permite ao agricultor o acesso aos dados de manejo de qualquer lugar, seja de um smartphone ou tablet. Bruno Toniello, gerente de automação, explica que o software lê sensores instalados no campo de irrigação e transmite online, a cada 15 minutos, informações para um servidor.  “O produtor com dados online pode mudar o manejo, extraindo o melhor do projeto de fertirrrigação, com economia de água, fertilizantes, e um ambiente ideal para o desenvolvimento da planta”, explica Toniello.

A Valley Irrigação, que pertence ao Grupo Valmont, também participou da feira com um grande estande. Com novidades focadas nas pequenas e médias propriedades, apresentou o Pivô 5 Polegadas Valley, voltado para irrigação de baixo custo para áreas de até 40 hectares. A empresa também lançou um consórcio para facilitar aos produtores rurais a aquisição do pivô.

valley
Conceito Comunicação